Archive | novembro, 2011

Pochetinhas X Pançudinhos na Corrida da Unimed

29 nov

Chegaram as fotos dos Pançudinhos na corrida junto com as Pochetinhas 🙂


Larissa, Ricardo, Fabiano, Alessandro e Anna – Antes da Corrida


Anna, Ricardo e Larissa – Mortos depois da Corrida

Corrida da Unimed

28 nov

Ontem rolou mais uma corrida, agora da Unimed! As pochetinhas estavam lá – Larissa e Anna – (mesmo que desfalcadas, já que tivemos 2 furonas) e garantiram os 5km… O clima ajudou um pouco, mas as ladeiras mataram! Em resumo foi muitoo bom, e pra nós que achávamos que nem ia ter medalha, no fim ganhamos, uhuhuhu…


Aguardando a Largada


Momento de exibir a medalha, rsrsrs

Pochetinhas na TV

26 nov

É minha gente estamos chegando lá…as pochetinhas estão virando bolsa de mão 😀 e novos desafios estão surgindo.

E o novo desafio é correr 5 km na corrida da Companhia Athletica em Fevereiro e claro que topamos. Mas tem novidade, seremos acompanhadas por uma equipe de TV para ver a evolução nos treinamentos e no dia da corrida seremos filmadas. (rumo ao Jô)

O programa já começou, para acompanhar só ficar ligado no Boa Tarde Mulher na Amazon Sat todas as quintas às 15:30. Segue o link de um dos programas apresentado:

http://mediaspace.redeamazonica.com.br/?r=101619&k=779674ed26

Semana passada foi gravado a parte da minha avaliação física, feita pelo Prof. Daniel… os resultados incríveis, fiquei orgulhosa de mim . Em outro post eu coloco pra vcs verem os resultados…veja abaixo o teste da esteira e o professor Roberto, meu tutor no programa 😀

Quero todos os seguidores das pochetinhas nesta corrida e nos treinos externos que faremos…fiquem ligados no programa e no blog vou avisar quando serão e onde.

bjs

Uma pochetinha em Buenos Aires

18 nov

Minha gente, fui de férias para Buenos Aires e claro que não podia deixar de divulgar o site das pochetinhas 😀
Confesso que comi muuuuito, morri de medo de ter engordado, mas em compensação andei tudo o que não tinha andado nos meus 27 anos de vida….andei de mais e até emagreci \o/\o/.
Foi tudo lindo…gostaria muito que um dia todas as pochetinhas fossem viajar juntas.
Segue algumas fotos pra provar que sou pochetinha com todo orgulho em qualquer lugar que eu vá.

O que comer para matar a fome entre as refeições?

8 nov

Para evitar o efeito sanfona é preciso cortar de vez os “lanchinhos do mal”

Emagrecer e engordar são verbos muito comuns para a maioria das mulheres. Para evitar as famosas estrias e os desconfortos que aparecem cada vez que se tenta usar uma roupa do fundo do armário é preciso cortar de vez os “lanchinhos do mal”.
Comer bem é o primeiro passo para não sentir fome em horários inadequados e apelar para as tão desejadas “besteirinhas”, já que é aí que mora o perigo. A grande dica é dividir a alimentação entre café-da-manhã, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde, jantar e ceia. Além disso, respeitar o intervalo de três horas entre uma refeição e outra é o grande segredo para o sucesso da boa forma.
Uma boa opção é esconder os alimentos que apresentem algum “perigo” para a dieta equilibrada como doces, bolos, tortas, biscoitos recheados, produtos industrializados e enlatados. Gelatina diets, frutas e barras de cereal light são uma boa opção para saciar a vontade de comer fora de hora, além disso, alimentos crus promovem saciedade e evitam que as comidinhas sejam ingeridas em grande quantidade.Os biscoitos integrais que são ricos em fibras podem servir muito bem para contribuir para o bom funcionamento do intestino e trazem poucas calorias.
Vale ainda ficar esperto com as enganadoras dietas semanais e não vale abrir mão radicalmente dos alimentos naturais aos finais de semana e literalmente cair de boca nos pratos gorduros. Enganam-se os que imaginam que a dieta durante a semana e o abuso aos sábados e domingos servem para manter o peso. São nesses deslizes que o efeito sanfona vem à tona.
Essa alternância do ganho e perda de peso pode ser prejudicial não só para a estética como também para a saúde. Podem causar aumento da pressão arterial, alteração da glicose e do colesterol e ainda complicações nas articulações por conta do ganho de peso e da diminuição da massa muscular.

Fonte: Tribo Feminina